Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Uma poesia

0 que é
a culpa ?

senão a mão que
não existe mais
aguilhoando
o mesmo cão

senão olho desse cão
que não existe
abocanhando
a mesma mã

Nenhum comentário:

Postar um comentário